Disponibilidade hídrica
Projeto

Disponibilidade hídrica

A falta d’água de 2014 em São Paulo mobilizou muitas empresas na procura por alternativas, dentre elas, uma multinacional com diversas unidades no Brasil. A Geoklock desenvolveu um estudo de disponibilidade hídrica para a empresa, indicando os riscos e oportunidades, tanto técnicas, econômicas, legais e de reputação.

De forma a promover uma compreensão do contexto hídrico na qual cada unidade se insere, foi realizado um levantamento de dados e referências técnicas sobre a disponibilidade superficial e subterrânea, como vazões mínimas da bacia e capacidades de produção dos aquíferos.

Além das questões técnicas, aspectos regulatórios e legais foram avaliados, de modo a trazer os riscos e limitações da região e listar as partes envolvidas. O número de outorgas e volumes já outorgados foram relevantes em alguns casos, agravados por questões de legislação locais.

Em paralelo, um fluxograma e o levantamento de dados para o balanço hídrico foram realizados pelos especialistas, combinado a demandas projetadas.

Questões como reservas de segurança, cenários de disponibilidades e riscos atrelados à operação, foram importantes delineadores das vulnerabilidades.

A avaliação de impactos de consumo e descarte de efluentes foi apresentado, culminando em planos de ações de redução, por fontes.


<< voltar